quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Bolo de mirtilos e sementes de papoila com cobertura de maracujá

Há coisas que me deixam a pensar. Normalmente acontece quando faço alguma asneira.
Ora que no post anterior falei do aniversário do blogue e não coloquei nenhuma receita de bolo. Está mal, não acham?
Mas como eu sei que me perdoam, aqui estou eu, depois de mais algum tempo sem aparecer por aqui (em 2017, em 2017 vou ser mais assídua :D) venho redimir-me com este bolo. 
A receita já estava marcada do livro lindo da Tara O'Brady e não resisti a fazê-lo para o aniversário do meu pai (mesmo sem batedeira nem robôt de cozinha, tudo à mão). E posso dizer que mesmo assim ficou delicioso, que é o que se quer num bolo :)

Ingredientes:
250 gramas de farinha
2 colheres de chá de sementes de papoila
1 colher de chá de sal
100 gramas de manteiga amolecida
200 gramas de açúcar
4 ovos
1 vagem de baunilha ou 2 colheres de chá de extrato de baunilha
2 colheres de sopa de crèmes fraiche (usei queijo quarck)
sumo e raspa de 1/2 limão (usei lima)
150 gramas de mirtilos (usei congelados do Verão)
Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180º.
Junte a farinha, as sementes de papoila e o sal.
Num outro recipiente misture a manteiga e o açúcar. Bata bem. Adicione os ovos, um a um, mexendo sempre. A esta mistura adicione as sementes ou o extrato de baunilha.
Adicione metade da mistura da farinha, mexendo bem, o créme fraiche e o sumo e raspa de limão. Misture bem e adicione a restante farinha.
Por último, junte os mirtilos e coloque a massa numa forma para bolos.
Leve ao forno cerca de 1h ou até o bolo estar cozido.
Para a cobertura de maracujá, coloque 1/2 chávena de polpa de maracujá, 2 colheres de sopa de açúcar e 1 colher de chá de maizena numa panela ao lume e deixe engrossar, mexendo sempre. Coloque por cima do bolo, a gosto.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

O final do Verão e os 5 anos do Frango


E de repente...o Outono chegou. Bem, não foi de repente, foi no tempo dele. A culpa é minha se não o vi passar.
Ainda ontem me  perguntavam se não ia sentir falta do Verão. Ou, se por outro lado, não estava farta já deste ano e queria mudar a página. Nem pensar! Quero tudo aquilo a que tenho direito, o bom e o mau! Porque o menos bom também nos faz levantar, crescer e caminhar em frente. E ajuda-nos a valorizar os bons momentos.
Sinto-me muito agradecida. Na vida, todos nós passamos por umas curvas mais apertadas e em terrenos mais pantanosos, mas no fundo, sou uma sortuda. O balanço destes (já) 30 anos de idade têm sido muito positivos. O Verão, apesar de me ter brindado com apenas 3 dias de descanso deu-me muitos bons momentos ( e o descanso, esse há-de vir quando for o momento dele).
Nesta loucura que tem sido a minha vida nos últimos meses chego a Setembro com mais um ano deste Franguinho! E já vão 5! 
E venho festejar um aniversário sem bolo? Ora pois, que o forno não tem ajudado e (shame on me) ainda não há batedeira cá em casa hehe. Bem, nem isso nem tempo para fazer um bolinho bonito como merecem. 
Em vez disso trago uma churrascada a relembrar o Verão e os bons momentos à mesa! Porque é isso que tem de ser celebrado sempre! Os bons momentos! Sempre!


Faça uma marinada com a carne de porco (ou frango se preferir) com sal, orégãos, massa de pimentão, pimenta e sumo de limão.
Nas espetadas coloque a carne em cubos, salsichas frescas, pimentos e cebolas (e uns piri-piris para dar cor, só cor!)
Coloque no grelhador e quando estiverem grelhadas regue com um fio de mel.
Acompanhe com batata e salada.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Focaccia de tomate seco, queijo de cabra e azeitonas


O Verão devia ser para sempre. 
Apesar de adorar as outras estações do ano, o Verão é o rei dos convívios ao ar livre, das bebidas frescas, das refeições na varanda e claro, das festas!
Confesso que adoro pic nics e almoçaradas com família e amigos, em grande parte, pela desculpa de pegar num livro ou revista e folhear à procura da receita ideal.
Esta focaccia surgiu assim. Porque queria uma combinação diferente e que fosse do agrado de todos.
E claro, como esperado, desapareceu num ápice!
(Receita retirada da revista Continente Magazine)
Ingredientes:
2 chávenas de farinha
1 embalagem de fermento de padeiro seco
1 chávena de água
2 colheres de sopa de azeite
sal q.b
1 tomates secos
10 gramas de queijo de cabra
azeitonas q.b
orégãos secos
sal grosso q.b

Preparação:
Numa taça, dissolva o fermento em água previamente aquecida. Adicione uma pitada de açúcar e deixe formar uma espuma. Junte as colheres de azeite, a farinha e o sal e mistura até obter uma massa. Se necessário, adicione mais farinha.
Coloque a massa numa superfície com farinha e amasse bem. Forme uma bola e coloque-a numa taça, tapada com um pano e deixe descansar durante cerca de 1hora.
Estenda a massa com um rolo da massa e coloque sobre papel vegetal, num tabuleiro de ir ao forno.
Espalhe sobre a massa os tomates, o queijo, azeitona e polvilhe com orégãos, sal grosso e azeite. 
Leve ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 20 minutos ou até estar cozido.
Antes de servir coloque mais um pouco de queijo e orégãos :)





domingo, 10 de julho de 2016

Palitos de anchovas

Gostava tanto de prometer que não se fala mais do tempo ( ou da falta dele) aqui no blogue. Mas a verdade é que não sou só eu a sofrer deste mal (certo?)
Se o mês de Maio foi um furacão, a todos os níveis, Junho, o meu mês favorito, passou a uma velocidade estonteante. Entre o início de um novo desafio profissional, os festejos dos meus 29+1 e os maravilhosos jantares de início de Verão com os amigos fiquei a dever algumas horas à cama.
Mas o Verão está aí! Leve, fresco e com uma final de futebol com Portugal! Yeahhh
Vamos lá deixar de conversa fiada, encher os copos e petiscar muito :)

Ingredientes:
1 placa rectangular de massa folhada
100 gr de filetes de anchovas
1/2 cebola picada finamente
orégãos q.b 
1 ovo batido
Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180º.
Estique a massa folhada com a ajuda de um rolo e divida-a em 2 rectângulos.
Disponha sobre ela os filetes de anchova, polvilhe com cebola e orégãos e feche a massa folhada. pressionando as extremidades para selar bem.
Pincele com o ovo e salpique com sementes de sésamo pretas.
Corte palitos de massa muito finos e torça-os. Coloque os palitos num tabuleiro forrado de papel vegetal e leve ao forno cerca de 25 minutos ou até estarem crocantes.