sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Uma viagem a Córdoba e o salmorejo cordobês


Como vos tinha contado neste post, Agosto entrou com novas coordenadas e novos trajectos a percorrer.

Duas semanas antes, quando ainda não sonhava com tais desfechos, lembrei-me que já lá iam 5 anos sem sair para férias 5 dias seguidos. Marcar férias apenas com 15 dias de antecedência pode-vos parecer de loucos. Mas, na verdade, para quem trabalha por conta própria , pode não ser muito fácil saber com antecedência se vai ter trabalho em determinada altura, ou não.


Como gostamos de roadtrips pensámos logo em fugir rumo à Costa Alentejana. Mas como era início de Agosto e precisávamos de umas férias diferentes, a segunda alternativa veio com castanholas.
Espanha parecia perfeito. Uma roadtrip pela Galiza, pensei eu, até ver os preços (se puderem marquem mesmo com alguma antecedência e não terão sustos. Prometo ;)


Olhei para o mapa de Espanha de uma ponta à outra e vi Sevilha. Sevilha? A cidade que a Marmita não se cala de dizer que é tudo de espectacular? 
Comecei a pesquisar cidades à volta de Sevilha e encontrei Córdoba. Muitos dos meus amigos já tinham ido a Sevilha mas de Córdoba ninguém tinha falado. Pesquisei no Google e disse logo: É para aqui que vamos :)


Pensei muito se devia fazer este post. Na verdade são as minhas férias e isto não é um blogue de viagens. Mas quando procuro um sítio para ir, nunca sigo as dicas do turismo local, mas sim de blogues. Gosto de ler os relatos e principalmente as fotos, sempre com mais alma do que as fotos tradicionais que enchem as páginas turísticas.

Assim, precisamente um mês depois de eu e o Mr. Frango termos juntado os trapinhos na mesma capoeira, rumávamos numa roadtrip com destino a Córdoba.


Sim, são muitas horas na estrada. Mas percorrer a Estremadura espanhola,com aquelas paisagens que nos fizeram sentir que estávamos na Route 66, não tem preço. Na verdade, e deixo aqui a primeira dica, se forem a Córdoba, visitem em Maio, a Fiesta de los Patios de Córdoba. Primeiro, porque deve ser liiiiindo de morrer. Segundo porque ir a Córdoba e Sevilha em Agosto é a loucura! As temperaturas rondam os 46º (sim, sobrevivi :D) e os 39º à noite (não pensem que à noite melhora, porque o calor é imenso na mesma :)


E realmente este foi o único aspecto menos bom que encontrei nestas férias. Tentei contorná-lo com muitas idas à piscina num hotel que em tudo recomendo. É o Hotel Córdoba Center. Para além de ser perto do centro e da zona histórica da cidade, tem piscina no último piso do hotel, o que é fantástico. Podem ver imagens no meu instagram, onde vão encontrar muitos granizados e tintos de Verano :)


E pronto, divagações à parte, adorei Córdoba.Tinha já planeados alguns sítios que queria visitar. Mas partimos de mapa na mão à descoberta. A primeira paragem foi o Mercado de la Victoria, visita que acabámos por repetir no dia seguinte.

É um sítio fantástico ao estilo do Mercado da Ribeira ou Mercado do Bom Sucesso no Porto. Com uma fusão de restaurantes (e o ar condicionado na temperatura perfeita) experimentámos umas azeitonas recheadas com tâmaras e presunto e com tomate seco e mozarella. Di-vi-nais!
































Entre os legumes, os granizados e os gelados (que atacámos no dia seguinte) os nossos olhos caíram
sobre um prato de cogumelos. Os melhores da minha vida!


Comida, comida e mais comida! Tapeando uma pessoa é sempre feliz :)



Mas Córdoba não é só comida. Se pesquisarem Córdoba no Google, a maior parte das imagens é da Catedral. E uma das coisas que me fez escolher esta cidade é a tão presente influência mourisca. A Catedral é disso exemplo. Mas as ruas, as portas e janelas, as cores, os edifícios, todos fazem lembrar a cultura árabe.


Em Córdoba, a maior parte dos restaurantes, em especial no centro histórico, têm já criado um menu de tapas para turistas. Ou seja, por cerca de 10/12 euros por pessoa, há menus de 5 pratos de tapas para partilhar, o que no início pensamos que é pouco mas no final, é mais do que suficiente. 

Escolhemos sempre tapas diferente típicas da Andaluzia. Mas o salmorejo cordobês nunca falha no menu. Já para não falar nas patatas bravas, batatas aioli, beringela frita, revuelto, flamenquines e fritos, muitos fritos.

No entanto as calorias gastam-se todas a passear. Os pátios de Córdoba, a Calleja de las Flores, a Ponte Romana, o templo romano (muito idêntico ao de Évora) ou o Álcázar de los Reyes Cristianos, são apenas alguns dos locais de visita obrigatórios.


Andaluzia tem mesmo uma cor especial!


Para terminar, trazer-vos só uma cidade, que apesar de linda, não fazia qualquer sentido para mim. Trouxe também uma receita e um blogue que descobri através das minhas pesquisas sobre Córdoba.
Que lo disfrutem :D


Salmorejo Cordobês
Ingredientes:
1kg de tomates maduros
100 gramas de pão
80 ml de azeite
1 dente de alho
1 colher de sal 
1 ovo cozido
presunto
cebolinho q.b


Receita ligeiramente adaptada daqui

Preparação:
Retire a pele dos tomates e corte-os em bocados. Coloque no liquidificador ou num recipiente para triturar. Junte o alho, o pão, o azeite e o sal e triture bastante até ter um creme homogéneo.
Parta o ovo e o presunto em bocados muito pequenos e pique o cebolinho. 
Sirva o salmorejo em taças e por cima coloque um pouco de ovo, presunto e cebolinho.
Uma maravilha para os dias quentes de Verão.


14 comentários:

  1. Tal o o tu, tinha imensa vontade de ir a Sevilha, primeiro porque causa da Dona Marmita e depois porque já lá tínhamos passado 4 vezes a caminho de Málaga e nunca tínhamos ficado por lá. Mas Córdoba encantou-me. Fiquei com o sabor a pouco. Com vontade de voltar. Para quem vai sem conhecer nada, recomendo a Free Tour Córdoba, mesmo gratuita, dás o que queres, se queres. Passas por muitos desses locais que referes e fixas a saber imenso sobre história porque os guias são fantásticos!! E fiquei a saber que além do salmorejo, o prato maus típico é rabo de toro porque era o que comiam a seguir àsàs touradas.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  2. Tal o o tu, tinha imensa vontade de ir a Sevilha, primeiro porque causa da Dona Marmita e depois porque já lá tínhamos passado 4 vezes a caminho de Málaga e nunca tínhamos ficado por lá. Mas Córdoba encantou-me. Fiquei com o sabor a pouco. Com vontade de voltar. Para quem vai sem conhecer nada, recomendo a Free Tour Córdoba, mesmo gratuita, dás o que queres, se queres. Passas por muitos desses locais que referes e fixas a saber imenso sobre história porque os guias são fantásticos!! E fiquei a saber que além do salmorejo, o prato maus típico é rabo de toro porque era o que comiam a seguir àsàs touradas.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. Olha eu cá gosto muito deste tipo de post! Também gosto de viajar tendo em conta a experiência e avalição de pessoas que conheço e em quem confio no bom gosto :)
    Confesso que tenho aqui um post por terminar da minha viagem ao Marvão que já foi em Junho ou Julho.... que vergonha a minha!
    Adorei a luz das fotos, consigo sentir muito calorzinho tal como eu gosto. Hehehe
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Sou fã das roadtrips, das férias marcadas em cima da hora e dos nuestros hermanos! Galicia é boa em Junho ou setembro, como sempre fazemos. Mas ainda estas férias (que estão a terminar) estive quase com um pé em Salamanca e Zamora mas quis o destino que eu fosse spazar até Caminha! Fui comer a bela da mariscada a La Guardia e passear pela Espanha fronteiriça. E esse salmorejo, ai q maravilha!

    ResponderEliminar
  5. Quando era miúda fiz Sevilha e Córdova dois anos seguidos, e ainda me lembro de como fiquei rendida a ambas as cidades - era Julho e o calor já apertava, mas não tanto como em Agosto- e á gastronomia local!!! Tenho pensado muito em lá voltar!!
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Olá Naida,

    Fizeste muito bem em fugir por alguns dias! As fotos ficaram lindas e fiquei cheia de vontade de conhecer Sevilha...já percebo porque é que a Sandra adora a cidade.
    Agora vou ali babar-me para foto do gelado e já volto! :)

    Beijinhos,
    Amélia

    ResponderEliminar
  7. Olá, sou a Isabel e acompanho o seu blog há bastante tempo, sou aliás leitora assídua de muitos outros blogs diáriamente, e, como tal decidi criar um blog onde divulgo os blogs que acompanho, (mas apenas escritos em português) sejam de receitas, artesanato, fotografias, moda, decoração, etc.

    Faço um pequeno tópico onde convido á visita dos blogs com hiperlink bem visível, de alguns posts do dia.
    Não faço reprodução de fotos nem textos dos autores, leio e divulgo.
    (Todas as fotos publicadas no meu blog são minhas.)

    Estou em "Conchas e Búzios" (http://conchasebuzios.blogspot.pt/).

    Resta-me apenas parabenizar o seu trabalho e agradecer uma visita ao meu cantinho quando for oportuno.


    Isabel Guerreiro
    iguerreiro2002@gmail.com

    ResponderEliminar
  8. Ainda bem que fizeste este post, também gosto mais de ler experiências reais de viagens do que visitar os sites típicos de turismo, há sempre algo especial quando alguém nos relata o que viveu em determinado sitio! Lindas fotos de Córdoba, deu vontade de ir conhecer! :)

    ResponderEliminar
  9. Olá Naida,
    Pois eu adoro posts destes e tal como tu, prefiro a informação e opinião de bloggers em termos turísticos que de guias turísticos e aliás, quando fui a paris em Março, quase todos os sítios que visitámos foram baseados em opiniões de bloggers.
    Eu de Espanha só conheço Sevilha e Santiago e adoro Sevilha. Agora fizeste-me ficar com vontade de visitar Córdoba, pois as imagens e descrições que fazes são tentadoras e a comida, bem, tapas???? Nem me digas nada, pois iria engordar 10 quilos só a tapear, lol!!!
    Ando para fazer salmorejo há meses, especialmente por causa da marmita tanto falar nele e fazê-lo tantas vezes, mas ainda não me aventurei (não me perguntes porquê, porque na verdade tem tudo para eu amar).
    Beijinhos, bom resto de Domingo e obrigada pelo post lindo que nos deixáste.
    Lia

    ResponderEliminar
  10. Adorei o post! também recolho imensa informação para as viagens nos blogs. Não sei porquê, ou talvez saiba :) mas a verdade é que geralmente quem gosta de comer, gosta de viajar e fotografar. Uma trilogia que resulta maravilhosamente.Este post é prova disso.
    Córdoba é uma cidade fascinante mas de facto em Agosto é , como costumo dizer, de secar os olhos, tal é o calor.

    ResponderEliminar
  11. Qué bonito recorrido por mi ciudad, qué alegría que te haya gustado y la hayas sacado tan preciosa como es. Saludos de una cordobesa y gracias por compartirlo con tus lectores.

    ResponderEliminar
  12. Qué bonito recorrido por mi ciudad, qué alegría que te haya gustado y la hayas sacado tan preciosa como es. Saludos de una cordobesa y gracias por compartirlo con tus lectores.

    ResponderEliminar
  13. Também adoro road trips, e também adorei Córdoba! uma surpresa ao níve de Sevilha!!
    E o salmorejo humm, tão bom!! :)
    belo post! beijinhos

    ResponderEliminar